marketingLEGAL   « Voltar

Blogs jurídicos agregam credibilidade ou não?

Marco Antonio P. Gonçalves


Blog é uma ferramenta disponível para todos os tipos de pessoas falarem sobre os mais variados assuntos, incluindo adolescentes falando sobre o que fazem no dia-a-dia. Esse último exemplo é o que muitos têm em mente quando se menciona o termo "blog". Em outras palavras, não conseguem enxergar além de uma entre várias possibilidades de uso.

No caso de um blog mantido por um advogado, este só não trará credibilidade para o advogado caso ele esteja brincando, testando a ferramenta, sem um rumo bem definido. Para se ter um blog, ganhar credibilidade e, idealmente, obter algum retorno, financeiro ou não, é preciso ter um objetivo bem definido e dedicação para escrever regularmente.

O objetivo pode ser algo como, por exemplo, tornar-se uma referência em determinada área do Direito ou uma refência em Direito para um determinado segmento de mercado. Afinal, ninguém tem tempo livro para ficar o dia inteiro escrevendo sobre tudo. É preciso, como disse no artigo, ter foco e, portanto, definir um nicho. De resto, é preciso dedicação para manter o blog sempre atualizado e com novidades. Para isso, é preciso ler muito e acompanhar tudo o que acontece por aí a partir de jornais, revistas, sites, blogs etc.

Se o conteúdo do blog for bom, logo surgirão comentários, consultas etc. Um dos pontos altos de um blog é permitir a interação com os leitores, criando algo como uma conversação permanente. Esse aspecto, juntamente com o fato de que um blog normalmente é mais informal, é o que diferencia um blog de um site institucional. No fundo, todos são sites, mas, em essência, são bastante distintos. Um advogado que atua sozinho talvez até possa trabalhar com um blog que inclua informações institucionais, mas, na medida do possível, o ideal é ter, no mínimo, um site institucional e, havendo vontade/tempo, um blog. Cada um tem seu estilo e vantagens associadas. Tendo os dois, imagino que as desvantagens sejam irrisórias, pois ambos se complementam muito bem.

Sobre o post

Post originalmente publicado no blog marketingLEGAL em 26/04/2007.

Novidades por e-mail

Assine o feed RSS ou informe seu e-mail para receber as novidades:



Compartilhe



Em destaque

Estudo brasileiro sobre o relacionamento entre departamentos jurídicos e escritórios de advocacia


Facebook




Twitter

© 2007-2017. Todos os direitos reservados.